Como ensinar o cachorro a dar a pata

Como ensinar o cachorro a dar a pata
Freepik

Treinar o seu cachorro pode trazer muitos benefícios para o animal e ainda melhora a sua relação com ele. Além disso, um cachorro adestrado se comporta melhor e consegue socializar de uma forma mais harmônica com os outros animais. Por isso, neste artigo vamos mostrar como ensinar o cachorro a dar a pata.

De acordo com o especialista em comportamento canino, Ricardo Tamborini, não é difícil ensinar o seu cão a dar a pata, já que este é um dos comandos mais básicos que existem.

No entanto, é importante que você saiba que os cachorros não aprendem um comando de uma hora para outra. É preciso repetir a lição várias vezes durante alguns dias ou semanas. Além disso, cada pet aprende um comando no seu tempo, e fatores como idade e personalidade influenciam muito no processo de aprendizagem.

Portanto, você precisa ter paciência para ensinar o seu pet a dar a pata. Contudo, saiba que a convivência com um cachorro bem treinado pode ser muito gratificante. Segundo o adestrador Leonardo Ogata, em entrevista ao portal UOL: “Se o cão sabe o que se espera dele, o que foi ensinado e como se comportar em cada situação, fica muito mais simples do que ele adivinhar o que vai acontecer.”

Além disso, os cães são animais inteligentes, e quanto mais truques e comandos ele aprender, mais ele vai desenvolver as suas capacidades cognitivas.

Como ensinar o cachorro a dar a pata: dicas para adestramento

Segundo o especialista em comportamento canino e adestrador Rapha Aleixo, também em entrevista ao site UOL, qualquer cão pode ser adestrado, independente da raça ou porte. Entretanto, o profissional alerta que a idade do animal pode dificultar esse processo.

“Cães mais jovens aprenderam menos coisas erradas, então, o filhote vai ter uma evolução muito mais rápida do que um cão adulto”, afirma Aleixo.

Dessa forma, se você tiver que ensinar um cachorro mais velho a dar pata, o processo de aprendizagem pode ser um pouco mais demorado, mas não se preocupe, pois um cão mais velho também vai conseguir aprender os comandos que você ensinar.

Sessões curtas

Os cachorros se distraem facilmente, por isso, indica-se que o treinamento seja dividido em sessões curtas e regulares. Além disso, outras formas de ensinar de forma efetiva o seu pet são:

  • Sempre realize as lições na sua casa e em um cômodo silencioso e que não possua muitas distrações;
  • Recompense o seu pet em todas as sessões de treinamento;
  • Sempre termine as lições reforçando um comando que o cachorro já assimilou, ou parabenizando-o pelo esforço.

O que é adestramento por reforço positivo

O adestramento por reforço positivo é quando você recompensa o seu cachorro porque ele se comportou da maneira que você desejava. Esse método é muito usado para estimular os cães a executarem o comando do adestrador.

O reforço positivo pode ser feito apenas parabenizado, dizendo, por exemplo, “bom garoto”, no entanto, é muito comum usar petiscos no processo de reforço positivo.

Com o reforço positivo, o seu cachorro entende que a ação que você está pedindo para ele realizar é positiva, o que ajuda com que, no futuro, ele repita essa mesma ação sem precisar de uma recompensa.

Além disso, a técnica do reforço positivo apresenta muitos benefícios para o cachorro e seu dono, já que reforça o laço entre vocês. Outra vantagem desse método é que ele permite que todos os membros da casa participem do treinamento do pet, o que também contribui para que o cachorro tenha um bom relacionamento com todos as pessoas da família.

O reforço positivo pode ser útil não só para ensinar o seu cachorro a executar alguns truques, como dar a pata, mas também para melhorar o comportamento de cães agressivos, já que por meio dessa técnica eles vão entender que aquele comportamento não é vantajoso para eles.

A maioria das pessoas pratica o reforço positivo com seus cachorros oferecendo petiscos quando eles se comportam bem, contudo, há outras formas de recompensar o seu cão, são elas:

  • Brincar com o seu pet: você pode premiar o seu cachorro com a brincadeira favorita dele;
  • Dar atenção para o seu cão: os pets gostam de carinho;
  • Deixar o seu cachorro brincar fora de casa;
  • Permitir que o seu cão brinque com outros animais, desde que ele já esteja acostumado com eles.

Se você mora em um apartamento, e não pode deixar o seu cachorro brincar livremente ao ar livre, leve-o para passear em um local que ele goste muito.

Freepik

Seu pet já deve saber a sentar

Ensinar o cachorro a sentar é uma das primeiras lições que você deve dar ao seu pet, já que é mais fácil orientar o seu cão a como deitar e dar a pata se ele souber sentar.

Além disso, um cachorro que entende o comando de sentar se comporta melhor quando há visitas em casa, já que ele vai obedecer ao dono e se sentar e não vai pular nas pessoas.

Como ensinar o cachorro a sentar?

Ensinar o cachorro a sentar não é uma tarefa difícil, no entanto, o dono precisa ter paciência e repetir as lições regularmente, já que o cão assimila os ensinamentos através da repetição deles. 

Confira agora algumas dicas de como ensinar o cachorro a sentar de uma maneira fácil e efetiva:

  • Primeiro, segure um petisco ou um pedaço de carne com a mão fechada;
  • Em seguida, aproxime a sua mão do nariz do cachorro;
  • Então, movimente a sua mão até a parte de trás da cabeça do cão, de forma que ele precise de sentar para acompanhar o seu movimento.
  • Quando o cachorro estiver prestes a se sentar, diga a palavra “senta”;
  • Assim que ele se sentar, dê o petisco para ele e elogie a ação do pet.

Alguns cachorros podem demorar mais do que outros para compreender as lições, portanto, tenha paciência e não fique comparando o seu pet com outros cães.

Pexels

Petiscos: cuidados para evitar obesidade do seu pet

Usar petiscos para incentivar o cachorro a se comportar da maneira que você deseja é uma técnica eficaz. Entretanto, alguns donos podem ficar com medo de oferecer muitas guloseimas e fazerem os seus pets engordarem por causa disso. 

Essa preocupação tem sentido, até mesmo porque estima-se que 30% dos cachorros que vivem no Brasil são obesos. O excesso de peso pode trazer muitos problemas para o seu cão, além de diminuir a expectativa de vida dele.

No entanto, se você usar o método de reforço positivo sem exagerar na oferta de petiscos você não precisa se preocupar. 

Uma das formas para evitar que o seu pet engorde é só oferecer os petiscos no momento do treinamento. Além disso, você também pode oferecer petiscos light para o seu cachorro, dessa forma, a ingestão de calorias dele será ainda melhor.

Outra forma de evitar que o seu cachorro fique com sobrepeso é fazendo caminhadas diárias com ele. Também indica-se não exagerar nas porções de ração que você oferece para o seu cão ao longo do dia, para evitar que ele coma além do necessário.

Sendo assim, se você oferecer petiscos somente em um momento do dia, usar as versões light, não exagerar nas porções de ração e levar o seu pet para passear diariamente, você não precisa se preocupar com a possibilidade dele ficar obeso.

Freepik

Como ensinar o cachorro a dar a pata: passo a passo prático

Se o seu cachorro já aprendeu a sentar quando você pede, não vai ser difícil ensiná-lo a dar a pata, principalmente se você usar a técnica de reforço positivo e oferecer um petisco para ele. Confira agora o passo a passo de como ensinar o cachorro a dar a pata:

  • Primeiro, mande o seu pet sentar;
  • Em seguida, pegue uma das patas do seu cachorro e diga “dá a pata”;
  • Então, dê um petisco para o seu pet.

De acordo com o especialista em comportamento canino Ricardo Tamborini, você deve repetir esse passo a passo até que o seu compreenda o comando.

“Treine o seu cachorro até chegar ao ponto em que você pede o comando ‘patinha’ ou ‘dá a pata’, estica a sua mão com a palma para cima e naturalmente o seu cachorro coloca a pata em cima dela”, orienta Tamborini.

Elimine as guloseimas aos poucos

Cada pet leva um tempo para aprender novos comandos, e isso depende de vários fatores, como:

  • Idade;
  • Personalidade;
  • Tempo que o dono dispõe para dar as lições.

Sendo assim, tenha paciência e repita os ensinamentos até que o seu pet execute os comandos sem que você tenha que oferecer recompensas para isso.

O ideal é treinar o seu cachorro para que, aos poucos, ele associe o comando que você der com uma ação positiva e o execute sem que você precise oferecer uma recompensa para ele. 

Sendo assim, se o seu pet já está dando a pata quando você pet há alguns dias consecutivos, comece a trocar os petiscos por um elogio e veja como ele vai reagir nas próximas vezes. Caso ele continue dando a pata mesmo sem receber a recompensa, você não vai mais precisar dos petiscos. Caso contrário, será preciso continuar oferecendo esse prêmio por mais algum tempo.

0 Shares:
Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like